.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Sexta-feira, 20 de Agosto de 2004
Pintura solar
Interior with window_Holsoe.jpg


Em horas esquecidas
do tempo que passa,
há sombras tecidas
pela luz na vidraça,
que invade a janela,
desdenha a cortina
e do chão faz tela,
para, em surdina
e sem cavalete,
ouro ou purpurina,
pintar um tapete
com a luz vespertina.
Delineada a obra
de encantamento,
com a luz que sobra,
dá-lhe movimento.
Avança no chão,
alcança a parede
e só ao pôr-do-sol
é que se deteve.</p>




(imagem: “Interior with window” – Holsoe - http://www.art.com/)

publicado por DespenteadaMental às 20:37
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Agosto de 2004
Os homens decentes que me desculpem, mas...
Geopoliticus Child Watching the Birth of Man_Salvador Dali.jpg</p>


Hoje, andando por aqui a mexer em velharias, encontrei algo que, apesar do tempo já passado, ainda agora me faz rir. Eu explico.
Um dia, já lá vão uns 10 ou 12 anos, um colega teve a ideia de oferecer-me uma página do semanário ‘Independente’, onde vinha a compilação de pensamentos (?) de homens ilustres de todos os tempos, da antiguidade até hoje, passando por filósofos, santos, políticos, escritores, etc...
Tal compilação tinha como critério um motivo comum a todas as ‘pensaduras’ - a Mulher.
Lembro-me de que a oferta me foi feita numa sexta-feira. Durante o fim-de-semana, li aquilo e não resisti à ideia de retribuir a gentileza. Então, nada melhor do que pegar nela e complementá-la, devolvendo, na segunda-feira seguinte, já não a página do jornal, mas o seu conteúdo intercalado com os meus complementos, a começar, logo, pelo título, tudo passado para um documento em ‘Word’, tal como pode ser visto, abaixo (texto original entre aspas e o meu complemento na linha seguinte):


“Com as calças na mão”...
... e o cérebro nos pés!


(Eurípedes)
" A raça feminina é por natureza traidora. O melhor conselho para um homem sensato é que nunca acredite numa mulher, mesmo que ela diga a verdade."...
... sobretudo, se for a mãe a dizer-lhe que ele é inteligente!

(Eurípedes)
" Aquele que deixar passar um só dia sem injuriar as mulheres é um pobre homem que merece ser chamado de pateta.”...
... excepto, se for um homem que não precise de esconder a sua pequenez mental atrás da injúria gratuita!

(Aristóteles)
“É o homem que gera o homem (...). A mulher nada mais é do que um macho mutilado."...
... razão por que o homem, de geração para geração, tem evoluído tão pouco!

(Carcinus)
" ‘Porque’ dizer mal de uma mulher ? Já não basta dizer que é uma mulher ?"...
... Já não basta supôr ‘por que’ razão não ensinou o filho a escrever, respeitando as regras da gramática?...

(Bíblia)
" Entre mil homens, encontrei um bom, entre todas as mulheres nem uma sequer."...
... azar de quem só conheceu a própria família!

(Bíblia)
" É um dom de Deus que uma mulher seja silenciosa."...
... assim, poupa-se os homens à vergonha de ouvir o que merecem!

(Oração diária dos Judeus)
" Obrigado, meu Deus, por ter-me feito nascer homem."...
... sem a faculdade de entender que isso, só por si, não faz de mim uma pessoa mais apta. Assim, poderei ser um bronco, mas sou feliz , porque não sei!

(Napoleão Bonaparte)
" As pessoas sem direitos jurídicos são os menores, as mulheres casadas, os criminosos e os atrasados mentais."...
... já Napoleão reconhecia que as mulheres, através do casamento, se juntavam a seres menores, criminosos e atrasados mentais!

(William Faulkner)
" As mulheres não passam de orgãos genitais articulados e dotados da faculdade de gastar todo o dinheiro que possuímos."...
... mas, sem elas não teríamos vindo ao mundo, nem poderíamos estar, agora, a dizer estas burrices todas!

(Sao Paulo)
"O homem não deve cobrir a sua cabeça, ‘por que’ ele é o reflexo de Deus. Quanto à mulher, ela é o reflexo do homem. É por isso que ela deve levar sobre a cabeça um sinal da sua submissão."...
... e deve ‘levar na cabeça’, se reflectir, na escrita, as mesmas asneiras que o homem escreve, a menos que nunca lhe tenham explicado a diferença entre ‘por que’ e ‘porque’, a menos que tenha tido um homem como professor!

(Friedrich Nietzsche)
" A mulher ainda não é capaz da amizade. Pois permanecem gatas e pássaros. Ou melhor, vacas."...
... porque Deus as fez reflexo dos homens — gatos e pássaros. Ou melhor, bois!

(São Jerónimo)
" A maternidade? E uma tumefacção do útero."...
... de que, por vezes, resulta um ser ‘tumefactamente’ ignorante — o homem!

(São Jerónimo)
" A única coisa que diferencia uma esposa de uma cortesã é que ela se prostitui a um só homem em vez de a muitos, o que é mais tolerável."...
... mas não desculpável, como se vê por esta denúncia feita por um filho de uma... cortesã!

(Santo Agostinho)
" A mulher é uma besta que não está fechada num estábulo."...
... passa o dia inteiro no pasto, olhando pela besta que Deus lhe deu como parceiro — o homem!

(Jean de Gerson)
" Todos os ensinamentos para as mulheres devem ser considerados suspeitos... Afinal, onde está a necessidade de que uma rapariga saiba ler e escrever?"...
... os homens, mesmo quando sabem ler e escrever, comportam-se como autênticos 'cepos', de onde se conclui que qualquer mulher, mesmo analfabeta, está suficientemente apta a lidar com eles!

(Corão)
" A mulher é um camelo que Deus nos deu para atravessar o deserto da vida.”...
... e ainda há quem se interrogue quanto à origem dos chamados desvios sexuais!... No deserto e com um camelo, sendo o homem sexualmente tão primário, era previsível!

(Montaigne)
" A mais útil e honrosa ciência e ocupação de uma mulher é a ciência das lides domésticas."...
... até se diz que o coração de um hornem se conquista pelo estômago, pelo que, de facto, basta que ela saiba tratar-lhe da ração!

(Schopenhauer)
" A mulher é um animal de cabelos longos e ideias curtas."...
... já o homem é um animal mais coerente — o cabelo e as ideias têm o mesmo comprimento!

(Proudhan)
" A mulher é irresponsável ‘por que’ o seu sexo é para ela uma faculdade a menos."...
... quando encontra um homem cujo sexo é, para ele, uma faculdade a mais e o saber escrever é uma faculdade que nem possui!

(Friedrich Nietzsche)
" O homem deve ser educado para a guerra e a mulher para o passatempo do guerreiro. Tudo o resto é conversa."...
... o que obriga a mulher a ter imeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeensa paciência para lhes aturar impotências e ouvir baboseiras!

(Otto Weininger)
" O maior e único inimigo da emancipação da mulher é a mulher."...
... quando se deixa levar pela prepotência, ignorância e insegurança do homem!

(Dr. Icard)
" Nas mulheres como nos cães, o desejo se apaga logo que elas ficam grávidas."...
... nos homens, como nos coelhos, o desejo se apaga quase antes de ser satisfeito (é tão bom, não foi?)!

(Sacha Guitry)
"Se a mulher fosse boa, Deus teria uma!"...
... a menos que Deus tenha previsto que, após essa experiência, a mulher se recusaria a ter o homem como parceiro. Isto é, a passar de cavalo para BURRO!...

(Sigmund Freud)
" A mulher reconhece o facto da sua castração e, com isto, ela reconhece também a superioridade do homem e a sua própria inferioridade."...
... numa sociedade em que os seus elementos sejam avaliados sob uma perspectiva fálica, é claro!

(Napoleão Bonaparte)
“ A mulher é dada ao homem para que faça filhos. Ora, só uma mulher não chega para este objectivo."...
... porque há muitos homens que, para fazerem um filho, além de uma mulher, precisam também de um terapeuta sexual!

(Jacques Chirac)
"- Para mim, a mulher ideal é a provinciana, a dos tempos antigos, resistente à dor, que serve os homens à mesa, nunca se senta com eles e não fala."...
... isto é, a mulher ideal é a que trata o homem como se fosse um bovino — põe-lhe a manjedoura à frente e deixa-o sózinho, para que possa ruminar, tranquila e bovinamente!

(Pio XII)
" A igualdade nos estudos, nas escolas, nas ciências, nos desportos e nos concursos faz crescer no coração de muitas mulheres sentimentos de orgulho. Tome cuidado corn estas palavras de serpente, de tentação, de mentiras:- não venham a tomar-se outras Evas."...
... e a pôr em perigo o pobre 'Adão' que se mantém tal como era — bronco e a comer tudo o que lhe põem à frente!

(Shakespeare)
" A fealdade de um demónio é menos horrível que a de uma mulher."...
... mas, comparada com a dos homens, é uma visão celestial!

(Thomas Fuller)
" Uma mulher só deve sair três vezes da sua casa : - para o seu baptismo, para o seu casamento e para o seu enterro."...
... já o homem só deve sair uma vez da sua casa : - para ser objecto de aborto com efeitos retroactivos!

(Charles Baudelaire)
" A minha mulher é natural, logo, abominável. Uma adolescente é uma pequena imbecil e uma pequena tonta."...
... Os rapazinhos, sim, são um encanto!

(Octave Mirabeau)
“ A mulher não é um cérebro, é um sexo e nada mais. Ela só desempenha um papel no Universo: - o de fazer amor."...
... O homem nem isso, porque não faz amor, faz sexo! É demasiado primário para elaborações físicas, mentais e emocionais!

(Oscar Wide)
" As mulheres são um sexo decorativo. Elas nao têm nada a dizer, mas dizem-no de forma sedutora."...
... mas, nem mesmo assim me seduzem! São um horror, mãezinha!!! Nem as prisões vitorianas me fizeram mudar de opinião!

(Charles de Gaulle)
" Um ministério da condição feminina? ‘Porque’ não um sub-secretariado de Estado do 'tricot' ?"...
... ‘por que’ não uma escola primária para adultos?

(Sacha Guitry)
" Duas mulheres que se beijam fazem-me sempre pensar em dois pugilistas a apertarem-se as mãos."...
... aliás, duas mulheres fazem-me sempre pensar em dois pugilistas... uma mulher
faz-me sempre pensar num pugilista... tudo me faz pensar num pugilista... Adoro pugilistas... mas são tão brutos!

(Andre Maurois)
" As mulheres são como os cavalos, é preciso falar antes de lhes pôr os freios."...
... para evitar que se nos assemelhem, desatando aos coices!

(Norman Mailer)
" Detesto a contracepção. É uma aberração. Até preferia aqueles comunistas chatos de volta. As mulheres não nasceram para ser livres."...
... nós, os homens, sim, temos toda a liberdade! Até a de dizermos as maiores idiotices, como aqui fica largamente comprovado!



Conclusão - Alguns homens continuam, ainda hoje, paranoicamente preocupados por não haver nada concreto que demonstre a sua suposta superioridade, desperdiçando o tempo, que deveriam usar na sua evolução, em deduções e conversinhas que atestam a sua menoridade mental. Usam argumentos tão anedóticos que, às visadas, só resta rir e torná-los mais anedóticos, ainda, se tal for possível.



(imagem:"Geopoliticus Child Watching the Birth of Man" - Dali - http://www.art.com/)

publicado por DespenteadaMental às 21:14
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Agosto de 2004
Equilíbrio é preciso!
Equilibrio oculto_Sara Zayat.jpg


Em dia de lucidez,
não há nada que a evite.
Não cede nem dá a vez,
quer eu me cale ou lhe grite.
Ela vem para ficar!
Mal chega, logo começa
por aqui a cirandar
e, por muito que lhe peça
p’ra não me desarrumar,
levanta todas as pedras,
sopra-me todos os pós,
sem cuidar de ganhos, perdas,
deslaça todos os nós.
Expõe-me, inteirinha e plana,
como um mapa de viagem,
e corre, que nem insana
em completa voragem,
em busca do meu recanto,
onde escondo o melhor sonho.
Menosprezando o meu pranto
e o meu olhar mais tristonho,
teima em ver à luz do dia
o sonho ainda em desenho,
mesmo que, com bonomia,
eu lhe diga que o não tenho.
Por fim, no fim do recanto,
no canto mais afastado,
p’ra meu maior desencanto,
vê o meu sonho guardado.
Olha-o, ri-se e, com frieza
e uma lógica indizível,
pergunta: - Tens a certeza
de que este sonho é possível?
É o limite! É a hora
de dizer, por minha vez:
- Se eu não fosse sonhadora,
para que queria a lucidez?
Para ser cinzenta, sem graça,
padronizada - mais uma?
Lucidez - falta que faça,
sem o sonho, é nenhuma!



(imagem: “Equilíbrio oculto” – Sara Zayat - http://artealdia.presencia.net/)
publicado por DespenteadaMental às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Agosto de 2004
Alquimia da paixão
The coalescence.jpg


Acorda o desejo
ao apelo de um beijo,
carícia macia
que a pele denuncia
num breve arrepio.
Então, como um rio,
corre o corpo todo,
tornando-o um engodo
a que não resistes,
quando olhas e assistes
à sua erupção,
como se um vulcão
eclodisse em mim.
Próximo do fim,
alastra num ápice
e aflui ao cálice
nos teus lábios feito.
Com o teu gesto e jeito,
fazes-me cratera,
onde a lava gera
uma explosão de luz,
que em ambos produz
a total fusão.
E, sem transição,
faz da noite dia,
tal a alquimia
da nossa paixão.



(imagem: “The coalescence” – Catherine Andrews - http://www.art.com/)
publicado por DespenteadaMental às 21:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Agosto de 2004
Olhar e ver... num só fôlego
Aguas tranquilas.jpg


Esse teu olhar - meu lago,
em que me vejo e ‘narciso’,
em que mergulho e naufrago,
por sentir quanto preciso
banhar-me no olhar de amor
com que me sentes e vês,
para que, sem esforço nem dor,
responda aos quês e porquês
a que, sem me perguntares,
eu vim e me fiz resposta,
trocando, contigo, olhares
em que disse estar disposta
a ser, também, o teu lago,
p’ra que assim possas saber,
quando, frente a ti, me alago,
o que quero dar-te a ver,
esperando que te ‘narcises’
e em mim mergulhes, também,
e, ao emergir, não precises
de caminhar mais além,
por sentires, tal como eu sinto,
que, agora, já somos foz
de lagos que, por instinto,
se fizeram rios e, em nós,
cada um por seu caminho,
vieram desaguar
e, devagar, bem mansinho,
formaram o nosso mar,
onde, hoje, nos reflectimos
e misturamos matizes
dos lagos em que nos vimos
e mergulhámos felizes,
após cada um saber
que, ao ver, também era olhado,
que o olhar que estava a ver
era o seu olhar espelhado,
formando uma só paisagem
e em harmonia tamanha
que, no fim desta viagem,
um é céu, o outro é montanha.



(imagem: “Aguas Tranquilas” - Salvador Caballero - http://www.art.com/)
publicado por DespenteadaMental às 21:27
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 15 de Agosto de 2004
Nós e laços
The Embrace_detail_Gustave Klimt.jpg</p>


Dás-me um fio
que eu fio
e desfio
em busca da essência.

Dás-me um laço
que eu faço
e desfaço,
com toda a paciência.

Dás-me um beijo
que eu vejo
e desejo,
ainda no ar.

Dás-me um abraço
que enlaço
em compasso,
até sufocar.

Os laços e os nós
que atámos em nós,
com tempo e empenho,
são rede segura
da fibra mais pura,
do mais puro engenho.

Com um fio que não rompe
e nem se corrompe
nas voltas da vida,
tecemos afectos,
cúmplices projectos,
‘obra’ garantida.

Com tais alicerces
que teço e teces
num plano comum,
nem sabemos bem,
de nós, quem é quem,
por sermos tão um.

(imagem: “The Embrace” (detalhe) - Gustav Klimt - http://www.art.com/)

publicado por DespenteadaMental às 20:17
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 14 de Agosto de 2004
Perseguição de um sonho
Paseo del oro.jpg


O caminho que, sei, me leva a ti
nem sempre é sólido e, sequer, é fácil,
mas sei-me firme bastante e sei-me ágil,
por isso, o faço e ainda não desisti.</p>

Paraísos à mão tenho eu aqui,
mas há muito cansei do belo e grácil.
Se para o pico do mundo me sei frágil,
à dureza desta busca eu resisti.

Que seja a minha última viagem,
e o patamar mais alto da coragem,
mas hei-de realizar o meu anseio.

Mesmo esgotada e esquecida de mim,
ao alcançar-te, direi: - Foste o meu fim
e, de todos, o meu melhor passeio!



(imagem:"Paseo Del Oro" - Roy William Bjoraker - http://bjoraker.com/)

publicado por DespenteadaMental às 17:05
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Agosto de 2004
Aviso!
Personaje.jpg


Não me peçam que fique sossegada,
se, em redor, nada convida à quietude.
Quem pensar que estou quieta só se ilude.
Já estarei morta. Só não fui enterrada.</p>

Quando me virem quieta e já calada,
se, antes, não disse ou fiz tudo o que pude...
Cuidado!... Não vão ter uma atitude
que me torne, sem querer, ressuscitada.

É que esta indignação que em mim habita
dá-me força e poderes de fada ou bruxa
que, mesmo morta, ainda vive e levita.

E, com um pouco mais de sapiência,
ainda invectiva, reage e estrebucha.
Experimentem exceder-me a paciência!


Calma!... é só um aviso...( rindo...)

(imagem: “Personaje” - Remedios Varo - http://www.remediosvaro.biz)

publicado por DespenteadaMental às 17:27
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Agosto de 2004
Confiar
Reflection_Ilcheva Antoaneta.jpg


Confiar
é pousar o coração
em branco e fofo algodão,
sem cuidar de perguntar
se se pode descansar.</p>

Confiar
é ter certezas
de coisas não perguntadas
e, mais do que sentir,
é pressentir
que ali as pontas feras estão cortadas.

Confiar,
antes de em outro alguém,
é sentir que há em nós
força e coragem, também,
para desatar os nós
que enredem a aliança
e possam embaraçar
a confiança.

Sobretudo, é recusar
o confiar
com fiança.

(imagem: “Reflection” – Ilcheva Antoaneta - http://www.123soho.com/index.php)

publicado por DespenteadaMental às 20:26
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Agosto de 2004
Repentes e reconsiderações
Iti Vahine Ute Huile.jpg


Esta saudade,
que me corrói por dentro,
ocupa todo o espaço
e ensombra o pensamento
é visitante que abusa do à-vontade,
é como brasa, ardendo em fogo lento,
é como mar, lançando o seu sargaço
na areia que nem sequer tem tempo,
para enjeitar o excesso de bondade. </p>

... ... ... ... ... ... ...

Se bem me conheço,
já não tarda o dia
de me virar do avesso
e, em total rebeldia,
arrancar, sem um queixume,
este abuso, este lume,
esta maré galopante
e, ao meu jeito, de rompante,
livrar-me destas dores mansas.
E à saudade, então, direi:
- Agora, que te arranquei,
já não me dóis nem me cansas!

... ... ... ... ... ... ...

Veio o dia, foi-se o dia
e, após esta idiotia,
veio outro dia sem fim.
Cansa-me e dói-me o vazio,
este deserto, este frio
que ficou dentro de mim.

Mandei a saudade embora
e, com ela, deitei fora
as sementes e as raízes.
Fiquei só com meia história,
porque arranquei da memória
os meus momentos felizes.

E tudo ficou cinzento,
pois só ficou o tormento
das tristezas que sofri.
Volta, por favor, saudade,
pois já não estou em idade
de poder viver sem ti.



(imagem:"Iti Vahine Ute Huile" - Yrondi Garrick - http://www.yrondi.pf/index.html)

publicado por DespenteadaMental às 21:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds