.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2005
Outro que, afinal, não quis dizer o que disse...

Tratou-se «apenas de uma forma de expressão».

É possível!

Dizer que «Coimbra devia sair à rua e este senhor [Sócrates] não devia cá entrar», como forma de expressão, talvez queira dizer que a cidade de Coimbra devia ir dar um passeio, sei lá!, até Leiria, “pecébe?”, e, assim, fora do lugar, mesmo que Sócrates lá fosse, não devia lá entrar, porque não a encontraria.

Ai, ai... eu também minto muito!

publicado por DespenteadaMental às 00:36
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2005
Incitação à arruaça?... (act.)
20050203_Nobre Guedes_Diario Digital.jpg

“O cabeça-de-lista do CDS-PP ao distrito de Coimbra, Nobre Guedes, apelou esta quinta-feira à população do distrito para que esta bloqueie a entrada do líder socialista, José Sócrates, na cidade.” (in Diário Digital)
Quem responderá pelos resultados?...


Actualização

Outras reacções:

Abnegado

Almocreve das Petas

Bloguítica

Causa Nossa

Portugal dos Pequeninos

Tugir em português



(imagem: foto do Diário Digital)

publicado por DespenteadaMental às 17:38
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2005
Se lhe fecharem o circo, escondam o veneno!
Clown torture_Bruce Nauman_Artcyclopedia com.jpg

Quando um homem, recusando-se a assumir as suas palavras ou actos, prefere dar de si a ideia de estúpido ou de débil mental, estamos, sem dúvida, perante uma pessoa muito perigosa ou, mentalmente, muito perturbada.

Só alguém muito desonesto ou esquizofrénico pode dizer o que PSL disse e, depois, queixar-se de que está a ser vítima de condicionamento nas palavras.

Se eu disser que PSL é um escroque e, na sequência dessa afirmação, for violentamente criticada, como posso queixar-me de condicionamento? Não tendo, até hoje, dado quaisquer sinais de insanidade mental, é natural que se espere que eu tenha a noção dos limites e, por isso, saiba que os ultrapassei e que terei de arrostar com as consequências.

Com este homem as coisas não funcionam assim, pelo que, conscientemente, não resistiu à tentação do riso bacoco que a insinuação venenosa lhe garantia, tal como um palhaço incapaz, que precisa do riso da plateia, mas não consegue ir além do forçado tropeço de um pé no outro.

O facto de PSL não ter capacidade para um nível decente de combate político não pode ser motivo para arrastar o adversário para o seu campo. Se não tem estatura para o papel com que tanto sonhou, mas tão mal estudou, que tenha, ao menos, a hombridade de o reconhecer e de se remeter ao seu “chinelo”. O que não deve é, agora, perante as críticas, vindas, até, de elementos do seu partido, escudar-se na liberdade de expressão, achando que não poder dizer atoardas é um condicionamento.

Só um irresponsável ou alguém sofrendo de grande dissociação psíquica interpretaria assim a reacção que suscitou.

Este homem depende tanto da comiseração que nem por ele pode ser responsável, porque será capaz de envenenar-se, para, depois, poder queixar-se de que lhe vigiam e condicionam o que come e bebe.



(imagem: “Clown torture” - Bruce Nauman - www.artcyclopedia.com)

publicado por DespenteadaMental às 21:46
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Terça-feira, 1 de Fevereiro de 2005
Mais uma facada! (act.)
20050201_PSL_Tiago Petinga-Lusa_no Publico.jpg

Santana perdeu o norte,
e, agora, culpa a má-sorte.



Santana, que a aridez
levou ao vazio de ideias,
vai-se enredando nas teias
que, sem dar por isso, fez.
Não tem, sequer, sensatez
que lhe colmate o desnorte
e, agora, culpa a má-sorte.

Quis ir aonde o saber
que detém é muito escasso
e, agora, frente ao fracasso,
recusa reconhecer
que nada soube fazer.
Em tudo lhe falta o porte
e, agora, culpa a má-sorte.

Chafurdou na lama horrenda,
como qualquer ser ignóbil,
negando, agora, que o móbil
fosse o que veio na senda
do boato de encomenda.
Foi cobarde no remoque
e, agora, culpa a má-sorte.

Sentindo que está perdido,
tenta, novamente, a cena
do pobre digno de pena,
declarando-se ofendido.
De outro factor desprovido,
do lixo fez passaporte
e, agora, culpa a má-sorte.



Actualização

Ver outras indignações:

Abnegado

Barnabé

Bloguítica

Causa Nossa

Mar Salgado

Portugal dos Pequeninos

Puxa Palavra

Tugir em português



(imagem: PSL – de Tiago Petinga/Lusa no jornal Público)

publicado por DespenteadaMental às 22:39
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds