.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Sexta-feira, 23 de Julho de 2004
Adeus, Carlos Paredes!
Carlos Paredes.jpg


Morreu Carlos Paredes.
Morremos todos, um pouco.
Viva, para sempre, fica a visão de um homem que abraçava a guitarra, como mãe que abraça um filho, e com ela vibrava e respirava...
Ouvir os seus discos é ficar sem saber qual dos dois corpos vibra, qual dos dois corpos respira.


(imagem: foto do jornal "PÚBLICO" - http://www.publico.pt/)</p>


Para quem quiser usufruir da arte do Mestre Paredes:
1º. Entrar em http://www.cotonete.iol.pt/ouvir/destaques.asp?id=105

aparece Carlos Paredes em "Destaques"...

2º. No canto inferior direito, clique em "ouvir"... abre-se uma janela pop-up... escreva o nome do artista na área de pesquisa e clique adiante, na setinha ">"... qdo o locutor terminar a "falação", ouvir-se-á Carlos Paredes - CD "Espelho de sons".

Boa audição!!!

publicado por DespenteadaMental às 10:24
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Trist a 24 de Julho de 2004 às 03:45
Oi, Mar (posso chamar vc assim?) Tinha acabado de responder a um e-mail seu, quando fui ao Sarapalha e li o seu comentário. Realmente, vc deve ter sentido a diferença em ler o texto, vc que só conhecia a produção de tv. Nem há comparação entre uma e outra. a série de tv é muito ruim e o romance - bem, sou meio suspeito, pq sou fanático por G.R. - parece que é a obra maior da literatura brasileira no século XX. Bem mais que isto, talvez: um grande número de críticos de todo o ocidente considera que GSV é uma das maiores obras literárias de todos os tempos. Nela, o ponto de partida, o material bruto é a linguagem sertaneja do interior do meu estado, Minas Gerais. Mas veja lá: é só o ponto de partida. Esta matéria não lapidada é submetida a um trabalho de estetização que busca o mais sofisticado, o requinte absoluto. Então é uma linguagem nova, só dele, GRosa. Alguns já o compararam ao que fez Bela Bartók, que colheu melodias populares de seu país e as trabalhou depois em busca do mais elevado artisticamente.GR é um universo, e eu teria o maior prazer em ir iniciando vc nesta religião.
Mas minha empolgação não é apenas por ele, pois ao seu lado estão Machado de Assis e Clarice Lispector. Vc os conhece? São os autores que deram status internacional à Literatura Brasileira, decretando a sua maioridade, e fazendo-a assumir - isto me parece uma verdade objetiva, não se vá ofender por razões de patriotismo - o comando da literatura em língua portuguesa no século XX.
O que vc não entendeu naquela página? Teria o maior prazer em ajudá-la na sua compreensão plena, ou o mais perto disto, claro.
Um abraço do amigo Tristão.
De DespenteadaMental a 23 de Julho de 2004 às 22:18
Obrigada e já vi que vc lhe prestou um belo tributo. Obrigada, também, por isso.
Abraço
De Bruno a 23 de Julho de 2004 às 22:08
Bonita homenagem a esta pessoa q partiu de perto de nos.. =(

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds