.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Terça-feira, 1 de Março de 2005
Ao longe, a Primavera...
Blackburnian warbler_Pierre Leduc_prints4all com.jpg

Vem devagar...
De longe, envia flores
e um dos seus cantores
e mensageiro,
a anunciar
o som, cores e odores
das aves e das flores
de que é viveiro.

O Inverno sente
que o frio e os seus rigores,
seus amos e senhores,
já sem guarida,
vão, lentamente,
soltando os seus estertores,
sem prantos, sem clamores.
Cumpre-se a vida!



(imagem: “Blackburnian warbler” - Pierre Leduc - prints4all.com)

publicado por DespenteadaMental às 21:17
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De DespenteadaMental a 4 de Março de 2005 às 00:09
JRD,
Seja "bem-regressado"! Se não teve a companhia de poemas como este (porque não procurou, certamente), pelo menos, quebrou a rotina, o que é sempre bom.
Abraço.
De JRD a 3 de Março de 2005 às 21:29
Ainda venho a tempo. Espero eu!
Que falta me fizeram poemas como este, no frio "gelado" dos úiltimos dias.
Abraço
De DespenteadaMental a 2 de Março de 2005 às 23:57
Moriana, São as flores, são os amores (perfeitos ou não), são os sabores, os odores, as cores... Tudo a beneficiar do ânimo do sol. Até me despenteio mais, para que a incidência de luz resulte numa maior diversidade de tons. Ai, minha cabeça-paleta... ;)
Beijo.
De DespenteadaMental a 2 de Março de 2005 às 23:51
'mfc', Também estou desejando a chegada dos dias grandes, mas, tendo em conta a desgraceira, por agora o desejo é 'Tomara que chova... ' ;)
Abraço.
De moriana a 2 de Março de 2005 às 16:00
já iniciei a plantação de novas flores, amores-perfeitos. é o renovar de tanta coisa, é a seiva a correr em quenturas anunciando o forte calor estival. Hummm a primavera!
beijinhos. :)
De mfc a 2 de Março de 2005 às 02:55
Vêm aí os dias grandes. Que bom!
Foi bonita aforma como finalizaste o poema..."cumpre-se a vida!"
De DespenteadaMental a 1 de Março de 2005 às 22:44
Armando Ésse, Foi com o intuito de me animar, contra este frio, que recorri à ideia de que a Primavera já não vem longe. Oxalá te tenha animado, também. Abraço.
De Armando a 1 de Março de 2005 às 22:12
Bonito poema sobre a Primavera. Numa noite fria como esta, é reconfortante poder pensar na Primavera. Um abraço.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds