.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Terça-feira, 1 de Junho de 2004
Caminho do calvário
Calvary Road de Ricardo Monteiro.jpg</p>

Olho-te, Árvore, e sinto vontade de correr a abraçar-te, a animar-te, a ajudar-te, nessa subida penosa. Mas, depois, Árvore, olho o que te rodeia e reduzo-me à minha insignificância.

Vejo que estás entre Amigos.

Uma árvore jovem caminha ao teu lado. Outras árvores preparam a tua chegada.
Os arbustos em redor seguem-te, atentos, prontos a amaciar-te o caminho, se caíres no calvário pedregoso que o Homem te impôs.

Eu, do reino dos homens, queria ajudar-te, a ti, que estás no Reino da Natureza...

Não sei se fui ingénua ou pretensiosa, esquecendo que, mais do que esperares ajuda,
esperas, de mim, respeito, para que, um dia, isso, sim, possas ajudar-me, sendo sombra, sendo apoio, sendo repouso final.

Queria ajudar-te... eu... Pobre de mim!!!...



(imagem: Álbum da natureza)


publicado por DespenteadaMental às 19:04
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds