.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2004
Da diversidade dos caminhos
A Woman with a Head Full of Roses_Salvador Dali_Art com.jpg


Não me apontem caminhos que me adocem os passos.
Digam-me, apenas, que entenderão, se eu cair.
Quero tropeçar e ver a pedra que ignorava,
voltar atrás, removê-la ou contorná-la,
registar a lição e prosseguir.</p>

Não me dêem respostas que me anulem as perguntas.
Digam-me, apenas, que as darão, se eu pedir.
Quero enfrentar a dúvida, ver-me sem chão,
sentir que a certeza é um estádio em mutação,
que a dúvida alimenta e faz surgir.

Não quero viver, apenas, da vossa aprendizagem,
mas, antes, que me acompanhem na viagem
e me ajudem, se errar, mas sem perder
o direito, mesmo errando, de VIVER.



(imagem: “A woman with a head full of roses” - Salvador Dali - www.art.com)

publicado por DespenteadaMental às 21:02
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De DespenteadaMental a 6 de Dezembro de 2004 às 21:38
Olá, Tristão! Já vi que está a direccionar-me para o novo endereço. Já o tinha registado, embora tenha guardado o anterior, tal como fiz com 'Rosa dos Ventos'.
Tal como vc escreve, até podemos reclamar por não nos terem dado o caminho certo, mas uma coisa é darem-nos o rumo certo, quando erramos; outra é nem nos darem hipótese de tentar o nosso caminho.
É esse direito que reclamo.
Beijo.
De Trist a 6 de Dezembro de 2004 às 10:49
Acho que sinto o mesmo que vc... seria que todo-o-mundo é assim? Mas que depois a gente se ressente e pergunta - por que não me deram o caminho, por que não me apontaram o rumo oposto, que era o verdadeiro? Nem por isso, no entanto, perdemos o gosto da aventura, exploradores que somos de áfricas e oceanias, nesse roteiro sem fim de enganos e desenganos...
De DespenteadaMental a 3 de Dezembro de 2004 às 17:54
'tounalua', nem preciso de dizer que concordo, embora possa ser um percurso mais 'doloroso', mas... é o nosso. Beijo
De DespenteadaMental a 3 de Dezembro de 2004 às 17:52
'verdinha', o entendimento não exclui a crítica positiva, é claro! Compete-nos escolher quem ouvimos. Beijo
De tounalua a 3 de Dezembro de 2004 às 16:30
De verdinha a 3 de Dezembro de 2004 às 00:39
lindo este teu texto.´´e ixo k precisamos d kem nos entenda s cairmos e n d kem nos critike qd o fazemos..gostei mt beijos **** e qd puderes paxa la no meu blog e comenta tb =P

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds