.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2004
Indomável solidão
Mountain moonrise_William Neill_Art com.jpg


Enfrentei o tempo, o vento e a aridez do chão.
Para ser forte, não me dispersei em ramaria,
não quis ser sombra nem das aves moradia.
Isolada na altura a que subi, rendi-me à solidão.



(imagem: “Mountain moonrise” - William Neill - www.art.com)
publicado por DespenteadaMental às 23:25
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De DespenteadaMental a 11 de Dezembro de 2004 às 16:08
'sibylla', obrigada pela visita. E pode crer que rendição é atitude que liga mal comigo, excepto quando erro, porque, aí, rendo-me à evidência da burrice, o que, de certa forma, não é rendição, mas libertação... :) Beijo.
De DespenteadaMental a 11 de Dezembro de 2004 às 16:03
Oi, Tristão, nada a desculpar... já guardara o novo endereço, embora ainda não tivesse actualizado o link, e guardei, também, o anterior, para não perder tudo o que lá existe.
Beijo
De DespenteadaMental a 11 de Dezembro de 2004 às 15:59
'verdinha', agradeço a força, mas, quanto a solidão, só tenho pensamentos, felizmente. Beijo
De DespenteadaMental a 11 de Dezembro de 2004 às 15:51
Oi, Quim, por nada... foram mais que merecidos.
Beijo.
De sibylla a 10 de Dezembro de 2004 às 00:54
Rendição, jamais! Seja em que circunstância for, muito menos nesta. Retirada estratégica, alteração do planeamento de ataque, nova política militar, etc. Há que usar a imaginação. As munições não se esgotam assim :-o).
Bj*** despenteada. Gostei da visita ao teu cantinho :-o)

De Trist a 9 de Dezembro de 2004 às 22:57
De pleno acordo com a sabedoria de seus versos: Para escapar da perversidade humana, o caminho único é aquele que busca a solidão, reino da felicidade, cujas portas, no entanto, só se abrem ao aspirante que traga as senhas da fortaleza, da coragem...
Passando para outro tópico, mil e uma desculpas pelos transtornos causados. Realmente errei o endereço do novo Sarapalha, fato lamentável que só vim a perceber quando já era tarde. É a ancianidade que chega... Me desculpa, M. Fico devendo. Um abraço e um beijo reparadores do Tristão.
PS - Sarapalha velho: http://tristam37.blog.uol.com.br (http://tristam37.blog.uol.com.br)
Sarapalha novo:
http://sarapalha.blogspot.com (http://sarapalha.blogspot.com)
De verdinha a 9 de Dezembro de 2004 às 21:11
n t rendas nca á solidao.. luta smp contra ela =p
De quim a 9 de Dezembro de 2004 às 19:33
...um beijinho e obrigado... :)

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds