.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Domingo, 23 de Janeiro de 2005
No centenário da morte de Rafael Bordalo Pinheiro
Retrato de Rafael Bordalo Pinheiro_Instituto Camoes.jpg

Volta, Bordalo... tens cá tanto que fazer.

Passaram 100 anos, desde que te foste, desde que deixaste de produzir os teus ‘retratos’, mas, acredita, os ‘modelos’ não desistiram de ‘posar’ para ti.

É tanta a matéria-prima e de tal qualidade, que nem sei se as lágrimas, de tanto rires, não te nublariam os olhos e distorceriam o traço ou o afago do barro, mas ficariam, certamente, as tuas gargalhadas, traçando/troçando, no ar, belas obras sonoras.


(imagem: “Rafael Bordalo Pinheiro” - www.instituto-camoes.pt/)

publicado por DespenteadaMental às 22:29
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De DespenteadaMental a 24 de Janeiro de 2005 às 23:54
'tounalua', já imaginou o Zé Povinho em nova versão? Amolador de facas... ;)
De DespenteadaMental a 24 de Janeiro de 2005 às 23:52
'123de4', teríamos que industrializar a produção... :)
De DespenteadaMental a 24 de Janeiro de 2005 às 23:48
António Viriato, seria mais um a virar a incubadora a pontapé, a cortar bifes do lombo ao nosso 'premier' e a criar embustes cerâmicos. Mas que seria engraçado, isso seria.
De tounalua a 24 de Janeiro de 2005 às 18:27
Os bonecos estão todos feitos mas inspiração não lhe faltaria, de certeza :)
De 123de4 a 24 de Janeiro de 2005 às 16:12
Como diria alguém... Com tantos musos...:) seria um ver se te avias..:)
De Ant a 24 de Janeiro de 2005 às 02:00
Teria o Bordalo muita matéria-prima para trabalhar, certamente, se ainda por cá andasse; e bem falta nos faz o seu traço justiceiro, para deslustrar as actuais pedantes figuras reinantes.
De DespenteadaMental a 23 de Janeiro de 2005 às 23:37
'Pilantra'... e, para além das fronteiras, ler 'Elogio da loucura' e ver que, passado meio século, o 'manicómio' alargou os muros e aprofundou os alicerces.
De Pilantra a 23 de Janeiro de 2005 às 23:06
Bem que ele nos fazia jeito! Mas não deixa de ser assustador ler o Eça e reconhecer os tempos, ver Bordalo e identificar os passantes.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds