.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Sábado, 16 de Outubro de 2004
O sono da solidão
Dormeuse_Tamara de Lempicka.jpg


Esperei, vestida de ansiedade,
que viesses trocar-me a veste fria,
p’la tua pele forte, quente e macia,
com que me cobres na intimidade.
Juntou-se o sono ao frio e eu cedi,
vestida de ansiedade, nua de ti.



(imagem: "Dormeuse" - Tamara de Lempicka - http://www.allposters.com/)
publicado por DespenteadaMental às 23:52
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De inquieta a 18 de Outubro de 2004 às 07:57
beijosssssssssssssssssssssssssssss
De DespenteadaMental a 17 de Outubro de 2004 às 19:04
Olá, AdamastoR. Fui ver onde você 'adamasta' e já retribuí o 'link'. Deixei lá um sinal e, sem querer, em duplicado, porque, na primeira tentativa deu aviso de que ocorrera um erro. Ao insistir no comentário, acabei por duplicar-me. É que, apesar do aviso de erro, o 1º ficara registado. Peço desculpa. Abraço.
De AdamastoR a 17 de Outubro de 2004 às 18:20
Tomei a liberdade de linkar, não fosse perdê-la de vista...
De DespenteadaMental a 17 de Outubro de 2004 às 17:47
Quim, ainda bem que o "vazio" resultou de um erro solucionável e solucionado, já. Quanto ao texto, também é bom saber que foi uma livre expressão do pensamento e, pelo que dizes, do sentimento naquela altura. "Nada de grave", portanto... Beijinho para ti, também.
De quim a 17 de Outubro de 2004 às 17:08
...gostei
...obrigado pelo teu comment no meu espaço; ele estava "vazio" por causa de um erro na barra lateral, mas já solucionei...
...quanto ao texto, é uma forma livre de dizer o que nos vai na alma... e hoje estava ou estou assim... parar de vez em quando faz bem... para que a solidão seja mais acompanhada do vazio que nos cobre ou nos preenche...
beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds