.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Quinta-feira, 13 de Outubro de 2005
Pois!...

"Caso "Público"/PS/Fátima Felgueiras", em Clube de Jornalistas.

Entendi. O esclarecimento era demasiadamente complexo para ser dado por escrito, no jornal. Nem sei como não foi feito um desenho explicativo. Sempre animava.

Conclusão: Ser leitora do "PÚBLICO" obriga-me a ver televisão, para ter acesso ao esclarecimento sobre os silêncios esquisitos por que o jornal venha a optar. Isto faz sentido?!...

publicado por DespenteadaMental às 01:25
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De DespenteadaMental a 17 de Outubro de 2005 às 23:10
Ferreira, Leio este, porque, normalmente, trata de temas que me interessam. Isso não o livra de ser criticado, quando se silencia perante um contra-ataque viperino e, numa arrogância palerma, desrespeita os leitores, achando que não tem de explicar-lhes a razão do silêncio. Abraço.
De FERREIRA a 17 de Outubro de 2005 às 18:38
PARA QUE LES ESSE JORNAL ?? PODES EXPLICAR-ME ?

UM ABRAÇO
De DespenteadaMental a 13 de Outubro de 2005 às 22:43
Pindérico, Pelo que li, ao candidato do PS só lhe faltou dizer a Almeida Santos: "vai-te embora, ganho, não me dês perda".
Abraço.
De Pind a 13 de Outubro de 2005 às 17:15
Foi para não perturbar a campanha eleitoral; está claro!
Até por que o candidato local do PS estava cheio de dúvidas acerca do seu papel naquela estória!!! Não fora a prestimosa ajuda de Almeida Santos...
De DespenteadaMental a 13 de Outubro de 2005 às 16:13
LA-C, Claro que concordo, sobretudo, porque veio demonstrar até onde os blogues podem ir, embora lamente que tenham de ser eles a "chamar à pedra" quem, há vários anos e em lugares de responsabilidade, anda na comunicação social.
Ontem, finalmente, e porque a moderadora, Estrela Serrano, levantou a questão, ouviu-se de José Manuel Fernandes (JMF) o que era devido aos leitores do "PÚBLICO", desde a publicação da carta da D. Fátima, que ficou como última palavra. E que última e viperina palavra!... Com 3 ou 4 linhas, escritas atempadamente, JMF teria cumprido com o respeito que deve aos leitores e evitado este desgaste. Já que assim não foi, fique, então, o ganho que veio desta vitória, a consciência de que um blogue também "é uma arma", mesmo quando alguém, de forma muito querida, a intitulou de gritaria. Apreciei, tanto mais que veio de quem, talvez para dar peso à própria argumentação, se identificou como jornalista. Ficarei atenta, para saber o que não devo ler ;)
Abraço
De LA-C a 13 de Outubro de 2005 às 15:13
Mas concordas, penso eu, com a ideia de que foi uma vitoria razoavel para este movimento nascido nos blogues. Fiquei, positivamente, muito admirado com os resultados.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds