.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Sexta-feira, 23 de Julho de 2004
Stop!...
Reflex_foto de Ricardo Monteiro.jpg



Nos dias calmos, em que tudo em redor
se harmonizava como num hino à vida,
em que uma abelha pousava numa flor
que, antes, se abrira, por saber-se escolhida...
Nos dias calmos, em que a vida corria
como um regato a desenhar o seu destino,
banhando um seixo que, por pouco, não via
- fosse mais lesta a mão daquele menino...
Nos dias calmos, em que a água empoçada
era espelho fiel de um céu sem fim
e em que os insectos, em nuvem adensada
e ébrios de sol, se abeiravam de mim...
Nos dias calmos, em que, já saturada,
me entediava com tanta calmaria,
eu não sonhava, sequer, que a caminhada,
que era tão lenta, em pressa acabaria...</p>

Stop!...

Nos dias vãos de vida que hoje enfrento,
se não me acautelar e defender,
não viverei – serei vivida pelo tempo,
num asséptico padrão pronto-a-viver.


(imagem: “Reflex” – foto de Ricardo Monteiro – Álbum da natureza)

publicado por DespenteadaMental às 00:02
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds