.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Sexta-feira, 6 de Agosto de 2004
Visões e interpretações
ilusao de optica.jpg</p>

Uma flor que se beija
- talvez seja a flor, talvez não seja...
Um olhar perdido no horizonte
- longínquo ou logo ali, defronte...
Um rosto inexpressivo
- ausência, disfarce ou um ser cativo...
Uns olhos rasos de água
- alegria intensa, dor do corpo ou mar de mágoa...
Uma folha caída
- arrancada pelo vento ou largada no fim de vida...
Um gesto suspenso
- ira contida, alegria súbita ou clímax de um arco tenso...
Um encolher de ombros
- conformismo, indiferença ou cansaço de tantos desassombros...
Uma mão que desliza
- ternura que se expressa, ternura que se retrai ou visão imprecisa...
Uma boca entreaberta
- palavra de amor, palavra de rancor ou a vontade de um beijo que desperta...
Uma palavra: Fim
- de filme, de livro, de vida... desta ideia que nasceu em mim.



(imagem: “Ilusão de óptica” - http://www.itajaionline.com.br/curiosidades/)

publicado por DespenteadaMental às 18:41
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds