.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Terça-feira, 4 de Outubro de 2005
Não tendo havido esclarecimento...

... continuemos, em coro, com o Paulo Gorjão:

“PODE O JORNAL «PÚBLICO» SFF ESCLARECER COM QUEM É QUE FÁTIMA FELGUEIRAS MANTEVE CONTACTOS NO SECRETARIADO NACIONAL DO PS? QUANDO É QUE ESSES CONTACTOS TIVERAM LUGAR? QUEM É QUE INFORMOU JAIME GAMA PREVIAMENTE DA LIBERTAÇÃO DE FÁTIMA FELGUEIRAS?”

publicado por DespenteadaMental às 22:31
link do post | comentar | favorito
Da cartilha ao desfile
The bear dance_William Holbrook Beard.jpg

Roubar um pão
é falta de ambição!
Onde é que já se viu
tirar, de um pano, um fio?!...
À alma de gatuno
também se exige aprumo
e que não fique, apenas,
por coisas tão pequenas.
Também há-de cuidar
do círculo em que girar
- saber quem o frequenta
e que “artes” é que ostenta.
E, mais do que padrinhos,
convém-lhe que os vizinhos
do campo em que “garimpa”
não tenham ficha limpa,
para que, assim, a seita
nem pense na desfeita
de o apontar a dedo.
É que o pacto do medo
é dos mais eficazes
- eu não vejo o que fazes
e o que me vires fazer
é mesmo para esquecer.

Assim desfila a marcha
da gente que se acha
matreira e impoluta...
E a rima, aqui, reluta,
no que chamar a quem
dá tão mau nome à mãe,
sem que esta tenha culpa.


(imagem: “The bear dance” - William Holbrook Beard –
AllPosters.com)

publicado por DespenteadaMental às 22:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 3 de Outubro de 2005
E continua o desafio...

... lançado pelo Paulo Gorjão:

“PODE O PÚBLICO SFF ESCLARECER COM QUEM É QUE FÁTIMA FELGUEIRAS MANTEVE CONTACTOS NO SECRETARIADO NACIONAL DO PS? QUANDO É QUE ESSES CONTACTOS TIVERAM LUGAR? QUEM É QUE INFORMOU JAIME GAMA PREVIAMENTE DA LIBERTAÇÃO DE FÁTIMA FELGUEIRAS?”

publicado por DespenteadaMental às 21:47
link do post | comentar | favorito
Os novos "deuses"
romanojanus4.jpg

Mais do que Janus, têm várias faces,
são tantas quantos os portões que guardam,
enquanto escondem ímpetos rapaces
sob as promessas (chaves) que lhes quadram.

Vencendo a entrada, tornam-se vorazes,
mordem as mãos que, crentes, os afagam,
sentam-se à mesa, chamam os sequazes
- fronteira invicta contra os que lhes pagam.

E dão início ao banquete espúrio,
onde se exibem lautas vitualhas
que fartarão o mais ambicioso.

Cá fora, o Povo volta ao seu tugúrio,
como se de ouro sejam as migalhas
que lhe atiraram como a um cão tinhoso.




(imagem: pormenor de “Janus Greeting King Numa Pompilius” - George Glazer Gallery)

publicado por DespenteadaMental às 21:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 2 de Outubro de 2005
Por estar, também, na origem do “post” anterior...

... aqui transcrevo o desafio do Paulo Gorjão, no Bloguítica:

“PODE O PÚBLICO SFF ESCLARECER COM QUEM É QUE FÁTIMA FELGUEIRAS MANTEVE CONTACTOS NO SECRETARIADO NACIONAL DO PS? QUANDO É QUE ESSES CONTACTOS TIVERAM LUGAR? QUEM É QUE INFORMOU JAIME GAMA PREVIAMENTE DA LIBERTAÇÃO DE FÁTIMA FELGUEIRAS?”


Sendo leitora diária do referido jornal, na sua versão impressa, fico à espera de ver se, finalmente, esta estória se esclarece ou se terei de repensar a preferência que mantenho pelo Público.

publicado por DespenteadaMental às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Lá vêm, novamente...
Stump Speaking_George Caleb Bingham.jpg

Não venhais com promessas do outro mundo
nem me aceneis com visões do paraíso,
quando me basta o magro chão que piso,
mas que as vossas acções tornam imundo.

Fosse o vosso desígnio tão profundo
quanto a vossa ambição - que nem diviso -,
por certo, não vos era tão preciso
tanto discurso nem verbo tão facundo.

Começai por limpar o sujo púlpito
a que subis, à vez, sem qualquer pejo
em partilhá-lo com criaturas vis.

E poupai-me ao vosso rubor súbito,
porque o rubor no qual eu me revejo
vem da vergonha que sabeis e permitis.



(imagem: “Stump Speaking” - George Caleb Bingham –
AllPosters.com)

publicado por DespenteadaMental às 22:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 1 de Outubro de 2005
Férias e "fúrias"

Como disse, estive de férias, em Sesimbra, uma vila simpática e para onde vou desde 1992. Como não aprecio confusão nem calor, vou antes e depois de uma e de outro. Isto é, vou em Junho e em Setembro, como quem vai abrir e fechar a praia. E já tenho “colaborado” na abertura, reclamando, junto de quem de direito – Câmara Municipal e Delegação Marítima -, pelo atraso da vistoria aos apoios de praia, que pagam licença de funcionamento desde o início da época balnear e, por vezes, quando lá chego, em 16 de Junho, vistoria nem vê-la, o que, legalmente, os impediria de trabalhar, mas... Adiante!

Desta vez, calhou estar lá no dia do protesto dos pescadores contra as novas regras (distâncias da costa) para a pesca naquela área.
Foi no dia 14 de Setembro. Começou com o barramento da entrada/saída do porto, entre as 6h e as 12h. Solidariamente, não fui à praia e aproveitei para registar o evento.

Sesimbra_01.jpg
Porto fechado por vários barcos de pesca


Sesimbra_02.jpg
Pequeno barco com bandeiras pretas, passando frente à marina e à minha varanda


Sesimbra_03.jpg
Ao meio-dia, teve início o desfile de embarcações que se dirigiram para a área do mar frente ao centro da vila, onde a população e os comerciantes solidários (fecharam o comércio entre as 10h e as 12h) se concentraram em apoio ao protesto dos pescadores


Sesimbra_04.jpg
Visão parcial e longínqua do desfile. Emocionante!


Não sei se as novas regras têm razão de ser ou se são justas. Li o que foi publicado sobre o assunto, mas, será realmente a defesa de “habitats” de reprodução o que lhes está na origem? Por vezes, há argumentos muito convincentes, mas que não passam de mero pretexto...
O que sei é que muitos homens que vivem da pesca perto da costa, para a qual saem em barcos que não podem vencer grandes distâncias (é vê-los baloiçar, quando, junto ao porto, um barco maior sulca o mar, deixando um rasto de ondulação) e, pelo porte e por ser um homem apenas a tripulá-lo, não pode trazer grande pescaria, dizia eu que o que sei é que esses homens vão perder o seu ganha-pão ou o pequeno remendo com que tapam os buracos que a reforma, a pensão de sobrevivência ou o subsídio de desemprego, quando existem, não cobrem.
Dizia um deles para a reportagem televisiva, mais ou menos isto: - Vou fazer o quê?... Ficar sentado no muro?...
É! Há quem viva “em cima do muro” por opção, antes de decidir para que lado há-de cair. A estes homens não resta alternativa que não seja sentarem-se no muro a olhar o mar que se lhes oferece, mas que outros homens lhes negam em nome da defesa de algumas espécies piscícolas. Será?...


No dia 19, véspera de regressar a casa, fui dar a última volta pela vila e lembrei-me de levar a máquina fotográfica.

Sesimbra_07.jpg
Na praia da Califórnia, encontrei os homens do mar na habitual tarefa de preparação das “artes” para a pesca do peixe-espada (preto, creio eu).


Na praceta para lá da marginal, finalmente, este ano, fotografei

Sesimbra_08.jpg
o monumento aos pescadores, que, além da fúria do mar, têm de enfrentar a “fúria” das leis.


A partir daqui, começa uma outra "fúria" - a minha.
Segui caminho pela avenida marginal sobranceira à praia da Califórnia – Av. 25 de Abril -, para ir ver o novo arranjo de que fora alvo. Ia olhando e não decidindo se gostava do que estava a ver. Mas continuei até ao fim, sempre junto ao muro sobre a praia. Voltei e resolvi vir pela parte da avenida que, agora, se mostra pavimentada a mármore (foi o que me pareceu) de uma cor clara, onde o sol dardeja e cega. Ia olhando os novos edifícios e andando e... quase caindo, porque o novo pavimento é em socalcos, sem que a beira de cada um deles esteja sinalizada. Valeu-me ter sido bailarina de folclore e ter dançado em alguns palcos cuja lisura de piso deixava muito a desejar. Não fora essa capacidade de equilíbrio adquirida ao longo de cerca de 10 anos e eu teria mergulhado em mar seco... e duro.
Quem terá sido o arquitecto paisagista (se é que houve) que idealizou uma coisinha daquelas? Num sítio que convida a que se dê liberdade às crianças para correr, como é possível ter um piso daqueles, em que, quem vem de Este para Oeste (sentido descendente daquela "socalcaria"), não se apercebe de que existem socalcos, por falta de sinalização e dado o espelho de sol em que se transforma?
E, pior, aquela coisa termina, abruptamente, a cerca de meio metro de altura do chão, se não for mais...
Quantas crianças, quantas pessoas idosas já ali caíram ou virão a cair?... Ai, “jasus”, valha-me deus!...
Como, felizmente, não caí, pude continuar o passeio, agora, na companhia de pensamentos com tendência para desabafos praguejentos, do tipo: raios partam estas modernices acéfalas.
Fim de “fúria”.


Subi a Av. da Liberdade e, a meio, parei na Papelaria Universal, que costumo frequentar, em busca de livros. Comprei “Longe de Manaus”, de Francisco José Viegas, e este postal,

Sesimbra_postal.jpg
que mostra a perseguição aérea que as gaivotas fazem aos barcos que regressam ao porto. Vistos da praia, parece que cada barco traz uma nuvem de moscas sobre ele. E é lindo ver o bando de gaivotas no ar a seguir a trajectória do barco, quando ele contorna o farol em curva bem fechada. Algumas gaivotas mais distraídas seguem em frente, mas logo emendam a asa, que a tentação do peixe é um bom corrector de rota.


Ao fim do dia, da varanda do apartamento, fotografei, mais uma vez, a praia que frequento

Sesimbra_12.jpg
Praia do Ouro – no momento em que o sol se vai e as luzes se acendem.


Que saudades e voltei há pouco mais de uma semana...

publicado por DespenteadaMental às 21:39
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds