.posts recentes

. A quem me tem acompanhado...

. A “Praça da Canção”

. “Cântico azul-marinho e v...

. Espiral mental

. Dos rios e dos homens

. Haja coragem!

. Ainda falta muito para ac...

. Má sorte

. Vincent da Rocha Dioh - 1...

. Canção de Amigo para “ami...

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Março 2004

Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2005
Auto do espelho pensante

Espelho meu.jpg


1º Ministro:
Espelho meu, espelho meu,
há alguém incapaz como eu?

 

Espelho:
Sei que vou deixá-lo triste,
mas a verdade é que existe.

 

1º Ministro:
Diz-me, já, espelho horroroso,
onde está esse invejoso?

 

Espelho:
Custa-me, até, dizer-lhe isto,
mas está em Primeiro-Ministro.

 

1º Ministro:
Grande coisa! Também estou,
sem saber como... Calhou!...

 

Espelho:
Mas, segundo toda a gente,
ele é muito incompetente.

 

1º Ministro:
Será que têm razão?...
Será que achas que não?...

 

Espelho:
Pelo que ouço dizer,
já me deixei convencer...

 

1º Ministro:
E o que é que ouves dizer?...
Será que posso saber?...

 

Espelho:
Dizem, não sei se é verdade,
que nega a realidade...

 

1º Ministro:
Intrigas da oposição,
que lhe inveja essa aptidão.

 

Espelho:
Mas se até o Presidente
o achou incompetente...

 

1º Ministro:
Esse é um tri-negador.
Adiante, por favor.

 

Espelho:
Mas ele ficou danado
e diz que foi maltratado...

 

1º Ministro:
Nem me custa a acreditar.
Sei p’lo que estou a passar.

 

Espelho:
Acho que, logo à nascença,
sofreu muita malquerença...

 

1º Ministro:
Outra alma sofredora
do mal da incubadora...

 

Espelho:
Mas como é que adivinhou?!...
Foi mesmo o que se passou!

 

1º Ministro:
Estou a ver... Não tarda nada,
vem a primeira facada.

 

Espelho:
E não é que veio, mesmo?
Levou facadas a esmo.

 

1º Ministro:
Para ter o enredo inteiro,
já só falta o embusteiro.

 

Espelho:
É verdade, veja bem,
sofreu um embuste, também.

 

1º Ministro:
Só falta dizeres-me, agora,
que não se quer ir embora...

 

Espelho:
Não quer, não, e já labuta
p’la maioria absoluta.

 

1º Ministro:
Diz-me lá, achas que o povo
vai elegê-lo, de novo?

 

Espelho:
Eu bem desejo que não,
mas temo a reeleição.

 

1º Ministro:
Ah!... Acaso, já viste bem
sobre quem me falas? Heim?!...

 

Espelho:
P’la semelhança de génio,
será de um seu irmão gémeo?!...

 

1º Ministro:
E eu lá tenho alguém igual?!...
Sou único, em Portugal!

 

Espelho:
Então, se bem entendi,
estamos a falar de si.

 

1º Ministro:
Então, se bem entendeste,
por certo, te arrependeste.

 

Espelho:
Reflicto o que ouço dizer,
sobre o que anda a fazer.

 

1º Ministro:
E não podias mentir?...
Só serves para reflectir?...

 

Espelho:
Para, depois, me acusar
de que o estava a esfaquear?...

 

1º Ministro:
Bem falas, mas não me iludes.
Já te conheço as virtudes.

 

Espelho:
Virtudes?!... Não é comigo.
É com o outro seu amigo.

 

1º Ministro:
Quem?... O outro salafrário,
que se diz utilitário?...

 

Espelho:
Sim! O Postigos... Janelas...
Sei lá!... Portas?... Bambinelas?...

 

1º Ministro:
Só por isso te desculpo
- p’las três sugestões de apupo...

 

Espelho:
Então, já não está zangado...
Posso ficar descansado?

 

1º Ministro:
Por dois minutos ou três,
até que eu mude, outra vez.

 

Espelho:
Então, fiquemos assim.
Acho que é melhor p’ra mim.

 

1º Ministro:
Também acho. Então, adeus.
Tenho reunião com os meus.

 

Espelho:
Estou dispensado, por agora?...
Então, adeus, vou-me embora.

 

1º Ministro:
Vai, sim, antes que algum venha
e frente a ti se detenha.

 

Espelho:
E venha determinado
a ser um seu duplicado?...

 

1º Ministro:
Meu duplicado?... Impossível!
Sou único! Irrepetível!

 

Espelho:
Que assim seja, hoje e sempre!
(baixinho)
Para bem de toda a gente!

 

1º Ministro (pousando o espelho):
Obrigado, espelho meu,
por veres tão bem, como eu.

 

Espelho (murmurando entre caixilhos):
Reflicto-o, simplesmente.
Haja, aqui, alguém coerente!



(imagem: montagem sobre “Harlequin and mirror” de Picasso)

publicado por DespenteadaMental às 23:04
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO
.subscrever feeds